Faculdade Católica

Pro posta de identidade visual para concurso promovido pelo Faculdade Católica de São José dos Campos


Tomando como ponto de partida a definição de teologia como estudo, análise, consideração, discurso sobre o significado de conhecimento e saber cristão acerca de Deus, podemos entender a Bíblia como o principal documento dessa disciplina. Fonte divinamente inspirada e inesgotável do mistério a que se dedicam teólogos católicos através dos séculos. Portanto, ponto de partida do conhecimento e de todo e qualquer ensaio semiótico cristão. Para a construção da identidade da Faculdade Católica de São José dos Campos,  a Bíblia é também a base do símbolo que descreve visualmente o caminho teológico.

A ORIGEM A simplificação desse primeiro elemento permite uma transformação visual profunda em busca da essência da fé em Cristo. As linhas mínimas da Bíblia são direcionadas a encontrarmos o Ichtus, símbolo máximo dos primórdios do cristianismo, carregado de significados históricos e, sobretudo, sacrossantos ao contar, em sua simplicidade, o início da comunhão entre os discípulos que completavam o desenho do peixe para se conhecerem, reconhecerem e compartilharem a fé. Assim, elevamos tal símbolo como elemento pré histórico dentro dos estudos teológicos e continuamos a contar a construção do conhecimento cristão.

A COMUNHÃO A multiplicação dessa comunhão em Cristo, de seu sinais e suas crenças, acompanham a crescente documentação da fé e trilham os caminhos teológicos na procura pelo saber cristão acerca de Deus.  Na identidade visual proposta  para a Faculdade Católica de São José dos Campos essa comunhão é encontrada na multiplicação do Ichtus, como decorrência do êxodo cristão, e traz ao projeto um novo símbolo, que designa a teologia como a casa do conhecimento em Deus, apoiada no significado do ostensório, peça sagrada que carrega o corpo de Cristo e, no caso da instituição, sustenta o conhecimento católico.

O TEMPLO Toda essa construção, carregada de simbolismo, é então alocada em seu templo. Se a Igreja é a “casa de Deus”, a Faculdade Católica de São José dos Campos passa a ser entendida visualmente como a morada do  “conhecimento em Deus”. Portanto, resgatando o forte apelo visual dos vitrais sacros dentro da história visual cristã, o projeto adiciona cores ao símbolo final, determinando uma ligação com os símbolos históricos do cristianismo e também com a tradição imagética da fé. A predominância do amarelo na composição dos cores, resgatam o dourados das chaves de São Pedro, existentes na bandeira do Vaticano, e aqui determinadas como as “chaves do conhecimento em Cristo. O amarelo também é interpretado como a cor do Novo Sol, Jesus, que lança luz sobre o verdadeiro conhecimento teológico.
Back to Top